terça-feira, 23 de agosto de 2011

Para um casamento de sucesso

Ter uma união estável e duradoura, feliz no dia-a-dia e que nunca deixa a chama do amor se apagar, não é lá tão difícil quanto dizem. Eu tenho a receita:

- É preciso carinho para lidar com a esposa que reclama das coisas jogadas no chão, na mesa de comer, sobre a cama e em cada metro quadrado da casa.

- É preciso respeito para não xingar nomes feios muito alto ao encontrar a pia do banheiro alagada, a toalha ensopada e retorcida no cabide e a tampa da privada demoniacamente levantada.

- É preciso compreensão para os momentos em que se gasta mais do que o racional em objetos essenciais como bancos de couro pro carro, relógio de marca, blusas idênticas em sete cores diferentes, uma caixa de ferramentas do tamanho de uma jamanta, suco de ameixa albina importada ou um estoque de cerveja tipo-viking.

- É preciso doçura para explicar que, porra, microondas não é geladeira e todo pão, bolo ou outro que for metido ali por dois dias vai estragar e deixar um cheiro de jaula no aparelho.

- É preciso paz espiritual para não avançar e morder o braço da pessoa que, apesar de estar no banco do passageiro, quer dirigir o carro no seu lugar.

- É preciso jeitinho para dizer que vestir as crianças com sapatos sujos, camisetas de escola ou vestidos já apertados não é uma opção pra ir a eventos sociais.

- É preciso dignidade pra admitir que, sim, a gente gritou e perdeu o controle - mas é que quebrar o terceiro copo de cristal em dois dias ao lavar a louça é muita estupidez.

- É preciso paciência para aceitar que, mesmo tendo levado duas horas para preparar um jantar saudável e equilibrado, a pessoa acrescenta ao prato 12 litros de pimenta vagabunda e uma nevasca de sal.

- É preciso solidariedade para, depois de 12 horas de trabalho, lidar com uma cidadã que tem o bom-senso, a aparência e os hábitos sociais do Godzilla.

- É preciso humor para viajar com alguém que quer parar em cada mísera capela da cidade de 2.000 anos e leva 15 minutos de fotos em cada elemento decorativo dela; ou aquela que necessita encontrar a fonte diminuta que aparecia no guia como o 35o. item "imperdível" do lugar; ou a pessoa que tem conhecidos até em Katmandu - e faz questão de ir jantar na casa deles um dia.

- É preciso, enfim, muito amor.

E eu sei de tudo isso porque lá se vão, justo hoje, 10 anos de todos esses sentimentos diários pelo Dono da Casa. Meu doce: eu não mudaria um único segundo dessa nossa década. Que venham outros 10 - e mais!


15 comentários:

Alessandra Pilar disse...

Que lindo, Flá! Relacionamento é isso mesmo: paciência, paciência e mais paciência.
Parabéns aos dois pelos 10 anos juntos!
bjos

Paula Baltazar disse...

Parabéns, seus lindos!
Texto fofo para homenagear uma história tão fofa quanto!

Anônimo disse...

Queridos cunhados: que esses 10 anos se multipliquem por pelo menos mais 10! Parabéns! Dri

Sara disse...

Que lindo! Parabéns!
E pra fazer coro, muitos e muitos anos mais pra vocês!

Cristiane disse...

Parabéns pra vocês! E esse seu texto, Flá, deve ser usado como mantra para todos os casais! Que vocês continuem a história de vocês por muitos e muitos anos!

Marcelo disse...

Pois é, paciência é a virtude dos reis...

Muitas felicidades e outros anos de doçura conjugal pra vocês.

Incidentalmente, Flávia, que bonito maridôncio você tem, hein? Por isso suas filhas são tão lindas, herdaram dos pais!

mihuda disse...

Ah que lindo Flá... sim mais 10, 20, 30... anos de amor pros dois!!! ;)
Parabéns!!!

Paulinha disse...

Parabéns para a Flá e para o Dono da Casa. E que venham mais décadas de amor para vocês.
Mas Flá... sua carinha está meio tosca nessa foto rsrsrs
Bjks

Sócia da Light disse...

Brigada, gentes!! O casal agradece os votos. Queríamos ter uma birita pra oferecer, mas a internet ainda é ruim nisso. :-D

E Paulinha... eu sou tosca! :-D

Explico: essa é nossa foto "Viva La Revolucion", porque estávamos no Chile, de boina e meio comunas naquele dia. E a gente ama o Chile e sua história sempre aguerrida. Daí a cara... tosca, né? Eu sei, o Chile que nos perdoe.

Dri_ disse...

Mais um texto seu que vai pra porta da geladeira!


E parabéns ao casal!

Paulinha disse...

hahaha adorei seu comentário.
O Chile é tudo de bom, Flá. Tem uma cultura super exótica.
Bjks estaladas

Lídia disse...

Parabéns pelas bodas. 10 anos é bodas de cristal?

Sócia da Light disse...

Bodas de Alumínio, Lidia. Por isso que a gente comemorou com uma latinha de cerveja. Rss!!

Nanael Soubaim disse...

É preciso muita sapiência para perceber que todas essas coisas acontecem, aprender com elas e tirar suas lições. Mas também é preciso ter um coração bom e vontade de ver os outros felizes para partilhar o que muitos guardam como se fosse desgastável pelo uso.

Denise disse...

Tô mega-atrasada aqui, mas espero que aceite minhas felicitações!! Parabéns pela paciência, pelo humor, pelo amor!! bjim!