terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Sobre porcos e loucas

Não é que eu seja uma dessas insanas taradas por limpeza. Eu lavo louça e passo paninho na pia até não restar um pires sujo ou uma gota d'água fora de lugar, é verdade. E de fato adoro tirar os mantimentos da prateleira, limpá-la e reorganizar tudo. E surtei de alegria ao comprar um aspirador portátil (daqueles compactos, próprios pra catar qualquer migalha, lindos, fofos... sabem?). Tudo bem, eu posso ser meio doidinha por limpeza, mas ainda me considero na média. Gente, eu conheço umas fulanas que colocam pano de chão pra lavar na máquina... e passam todos a ferro depois. Essas, sim, são as loucas da limpeza.

Por outro lado, é melhor ser "a pirada do X-14" ou membro daquela turma que pula por cima das roupas sujas e da poeira? Porque essa galera existe. Eles costumam achar que faxina é uma puta coisa chata e pode ficar pra amanhã - todo dia. Logo a casa está possuída por pó grosso e preto, a pia é um depósito de dejetos e a geladeira cheira a necrotério. Sejamos justos aqui: em geral, essa banda da população é composta, na grande maioria, por homens.

De acordo com os clichês da vida, é assim mesmo: mulher é tudo doida por limpeza; homem é tudo porco. Elas ficam areando panelas, enquanto eles acham isso uma perda de tempo sem nexo. Elas querem a cama bem feita; eles acham isso ridículo - porque de noite não vai ficar tudo zoado de novo, pô? Elas preferem uma sala em ordem; eles preferem uma sala animada (leia-se: uma sala com o Playstation e seus fios dominando a paisagem).

Eu fico pensando que nem tanto ao mar, nem tanto à terra. É bom ter a casa cheirando gostoso, a roupa bem dobrada e o banheiro imaculado. Não é bom, porém, gastar todas as horas livres com isso, deixando o restante da família no limite da paciência porque, bem, "sábado-é-dia-de-lavar-a-garagem-e-prontoooo"!

Mas me digam vocês: mulher é tudo louca por limpeza ou homem é tudo porco? Existe (ou deveria existir) um saudável meio-termo? Eu e meus paninhos ativos, porém não passados a ferro, aguardamos resposta.

9 comentários:

Dani disse...

Eu conheço quem seja louca por limpeza, mas é o marido que vai fazer o serviço sujo, digo, limpo. Mas é difícil achar um homem que não seja sujismundo. Apesar de que tem muita mulher porca.

Moni disse...

aaahh! Flá, eu sou bem desorganizada! Nao vou mentir. Suja nao! mas desorganizada sim! Eu vou precisar sempre trabalhar para ter a mina Gloria para limpar e organizar a minha casa!

Julián deve ter saido ao meu pai ou ao próprio pai dele. Se eu nao guardar direito algum brinquedo, ele mostra o lugar correto e nao para de falar até eu colocar no lugar correto!

Eu sei de alguem que limpa o teto com pano nao é? ( a mae da Clara nao faz isso??)

Paula Baltazar disse...

Eu detesto fazer qualquer trabalho doméstico, sério, não tem nenhumzinho que seja que eu faça com prazer. Por isso, sei que terei que fazer como a Moni e trabalhar a vida toda para ter uma diarista.

Agora... passo horas organizando meus arquivos, meus livros (infelizmente não no meu quarto atual, uma bagunça sem fim, por absoluta falta de espaço), cadernos, filmes, as músicas e fotos no computador, até os objetos na minha mesa de trabalho são milimetricamente posicionados.

Vai sabê...

mihuda disse...

Sei que vc não acredita muito nisto, mas eu culpo o meu signo. Boa geminiana que sou, um dia sou 80 e pra não cair na mesmice no outro sou 80. Tem dia, semana e até mês que levo com a barriga a tarefa de guardar bonitinho meus CDs, cadernos, livros, etc. Outros nos quais acordo inspirada e faço revoluções de tirar tudo de tudo e rearranjar bonito. Uma coisa que é excessão é o embate poeira x preguiça. A poeria sempre sai campeã, pois só a lembrança de uma crise de rinite me faz levantar a bunda da cama e passar paninho em tudo.
Já meu namorado não é fã de cama arrumada e adora os fios do ps2 espalhados. O pior é que ele acredita que a casa dele é mágica. Um dia até achei isto legal. Fiz a experiência. Peguei um papelzinho velho do bolso e coloquei em cima do criado mudo, depois de um tempo ele tinha sumido. Mas a magia durou até eu me tornar vitima do furacão que é a mãe dele quando resolve arrumar até o que não é dela. Ela pira tão forte nas limpezas e organizações da casa, que "ajuda" a empregada a limpar as coisas. Vai entender!

Patricia Rodrigues disse...

Ahaha, eu também fiquei feliz quando ganhei meu aspirador dia desses. Meu sonho agora é uma lava louças pra que eu possa ter as louças mais limpinhas do mundo. Maaaas sou ultra desorganizada.
Minha mãe lava paninho de faxina na máquina (mas não passa a ferro, ainda bem).

Dark disse...

Bem eu não vejo a necessidade de arrumar a cama se vou deitar nela depois e desarrumar tudo, igual perder horas e gastar energia passando a roupa se vai amassar tudo no meu corpo destrambelhado mesmo, ou pior quando eu taco ela dentro do guarda-roupa, pq eu não guardo, taco mesmo.

Pra dizer a verdade eu sou a zona em pessoa e fico muito louco se alguém resolve arrumar porque nunca mais acho minhas coisas.

Mari Z. disse...

Agora eu tô imaginando a Paula arrumando tudo simetricamente na mesa do escritório igual ao Dwight, do Office... hahaha.

Ai, Flá, eu vou confessar que tenho uma quedinha por arrumação e limpeza, sim. Não chego a ser uma Monica Geller, mas adoro sentir o cheirinho de limpeza pela casa e chegar em casa e ver o quarto arrumado.

Agora que divido o apê, eu estou precisando rever os meus conceitos e ignorar alguma sujeira ou desorganização -- o que comprova que a turma de porquinhos não inclui apenas homens, mas moças também. :-D

Nanael Soubaim disse...

Sou um dono-de-casa assumido, mas sei (sete anos de vigilância sanitária) que um pouco de poeira faz bem à saúde.

Moniquinha disse...

Mais uma chegada na ordem e na limpeza.

Sabe,é difícil para a maioria dos homens,entenderem a necessidade de uma cama cheirosa, banheiro então,nem se fala,ai ai,,deve ser genético..rs