segunda-feira, 30 de novembro de 2009

É de pequenino que se dá o livro


Conforme prometido, segue uma listinha de sugestões para presentear as crianças no Natal. São os preferidos da Sabrina, escolhidos por ela para gente de 3 a 333 anos. Começamos com apenas cinco selecionados, mas eram tantas boas pedidas que achamos justo condensar o texto e aumentar os itens. Todos ficam na casa das vinte e poucas lascas – e valem um mundo todo de dinheiro.

O Grúfalo, de Julia Donaldson e Axel Scheffler, Brinque Book
É todo rimado – e rima tão bem em português quanto em inglês. E tem uma seqüência, “O Filho do Grúfalo”, que é igualmente doce e misteriosa, bem sacada e engraçadinha.

Um Porco Vem Morar Aqui!, de Claudia Fries, Brinque Book
Uma aula completa sobre tolerância e sobre banir o preconceito das nossas vidas (encenada por porcos, galinhas, burros e raposas). O pessoal lá da Uniban deveria incluir no currículo.

O Homem que Amava Caixas, de Stephen Michael King, Brinque Book
Cuidado para não começar a ler pra criança e terminar em prantos, decidido a mudar toda a sua vida. O que, aliás, pode ser uma boa ideia.

Marcelo, Marmelo, Martelo, de Ruth Rocha, Ed. Salamandra
Precisa dizer? O maior clássico da literatura infantil brasileira na nossa opinião aqui. E pensar que tem criança que nem conhece, que pena... São três histórias no mesmo volume, o que além de tudo amplia o custo/benefício (e eu e Sasá passamos mal de amar “Teresinha e Gabriela”).

Chapeuzinho Amarelo, de Chico Buarque e Ziraldo, Ed. José Olympio
Uma obra-prima de texto e arte, uma bíblia para consultar toda vez que pintar medo de lobo, de escuro, de gente estranha, da escola, do salário mensal, do gerente do banco...

Morcego Bobo, de Jeanne Willis e Tony Ross, Ed. Martins Fontes
As crianças precisam muito aprender a enxergar a vida por outros ângulos. Essa é a mensagem do morcego que ficava virado de cabeça pra baixo. Ei, muito adulto vai se reconhecer ali!

Diferente como Chanel, de Elizabeth Matthews, Cosac Naify
A história de Gabrielle, ícone da moda, do feminismo, das belezas da vida, contada de um jeito resumido pra meninada saber que tal é sair da maior fossa e conquistar o mundo.

Quando Mamãe Virou um Monstro, de Joanna Harrison, Brinque Book
Taí um jeito bom de ilustrar o que acontece com as mães de vez em quando – e um jeito soberbo de promover o entendimento entre os pestinhas e as tresloucadas.

O Pote Vazio, de Demi, Ed. Martins Fontes
É uma história tão linda e tocante que vale como presente para qualquer um que considere dizer a verdade um grande talento.

Belinda, a Bailarina, de Amy Young, Ed. Atica
Cancele a porcaria da assinatura da Claudia, Nova, Gloss, Boa Forma e esse troço todo e compre pra sua filha o livro da Belinda, a bailarina com pés de sasquatch. E aí você vai formar uma mulher muito melhor – ou duas.

12 comentários:

mihuda disse...

Que otima ideia esta lista. De todos, soh li o classico MMM, mas pelas impressoes escritas, da vontade de ler outros... :D

Dri_ disse...

Um Porco Vem Morar Aqui! tá decidido.



Ah! E há algum tempo vc me indicou Chapeuzinho Amarelo, que eu comprei e dei pro amiguinho do Victor que "tinha" medo de trovão.

Você e Sabrina são geniais!

A Sócia da Light disse...

Eu recomendo mesmo a leitura de todos, meninas. Nem que seja na borda da prateleira da livraria, só pra ver qualé... São lindos e presentes nota 10!

Amandinha_ct disse...

Vontade de imprimir e colocar na Seção Infantil!!

Sabrina sabe das coisas, puxou a mãe, claro!

Queria só acrescentar mais um: Bolsa Amarela, da Ligia Bojunga Nunes, que saiu em uma edição quase de bolso e custa R$22,90.

Graças a isso eu não precisarei dar minha edição anos 70 para minhas afilhadas, elas ganharão uma nova!

A Sócia da Light disse...

De repente me ocorreu, Mandy, que eu adoraria trabalhar na ala infantil de uma livraria, sabe? Pena que talvez não durasse muito lá, visto que eu seria a maior pentelha do universo com filhos impossíveis e mães alienadas.

Mari Z. disse...

De-mais, Flá! Tanto a linda foto quanto as dicas. Sabrina tem bom gosto e sabe das coisas. ;-)

Eu sou pirada em livros infantis, e digo com todo o orgulho pra qualquer pessoa que "Flicts" e "A fada que tinha idéias" ajudaram a formar o meu caráter. E é ótimo saber que a Sasá está trilhando este caminho do "caráter literário" também! :-)

Beijocas,

Mari.

A Sócia da Light disse...

"A Fada que Tinha Ideias" é tão especial pra mim, Mari, que um dia vira um texto em separado. :-]

Mari Z. disse...

Ai, essa eu quero ver! "A fada" é e sempre foi, disparado, meu livro infantil preferido. Acho que já deu pra perceber... rs.

Agora vai uma sugestão minha, de um livro da Martins (não estou sendo paga pelo merchan, hahaha) chamado "A roupa nova do imperador", já viu? (http://www.livrariamartinseditora.com.br/descricao.asp?cod_livro=AN0900) -- é uma bela lição pra quem só vive de aparências e adora ir atrás da opinião alheia. Acho que a Sasá vai aprovar!

Ah, e este outro é pra quando ela for um pouco maiorzinha, mas acho que vc vai gostar dele desde já. É lindo que só: "Kafka e a boneca viajante" (http://www.livrariamartinseditora.com.br/descricao.asp?cod_livro=FA4222).

Pronto, agora chega! :-D

Beijocas, querida

Mari.

Nanael Soubaim disse...

Querido Governador de Alvorada Nova, sei o quanto sou turrão, autoritário e que mais pareço uma miniatura de Gengis-kan, mas tenho me esforçado em melhorar. Quando eu for pai, me mandem uma Sabrina de natal. Prometo arranjar uma MÃE em caixa-alta como a Flávia para ela.

Dani disse...

“Teresinha e Gabriela” é tão bom quanto o "Marcelo...", acho eu. Amei "A bolsa amarela", que li já burra velha, mas q é mais pra criança mais velha. Mas "Angélica", da Lygia Bojunga tb, é uma fofura, conhece?
A história da minha infância é "A pequena vendedora de fósforos", triste... Sabe CDA: "E o hábito de sofrer, que tanto me diverte"?

Me tirem daqui! Eu não paro mais de comentar!
Beijocas

Moni disse...

Quero todos já!

Ano que vem pro Brasil só com um jeans e uma camiseta para conseguir voltar com todo isso e mais (farofaaa)...

ou melhor...adota uma ecuatoriana e um samurai??

A Sócia da Light disse...

Estão adotados desde já!! Tô mandando a papelada. ;-]

Saudades, minha leitora querida!