quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Quando chega a hora

Pois a vida mesmo é capaz de nos dar uns toques quando chega a hora de encarar as tarefas de casa...

- Quando a geladeira só contém meia cebola e a garrafa de água, é hora de fazer compras no mercado.

- Quando só sobrou a calcinha com o Ursinho Puff impresso no traseiro dentro da gaveta, é hora de lavar roupa.

- Quando a colher de sorvete começa a ser usada pra passar manteiga no pão, deve ser hora de lavar a louça acumulada na pia.

- Quando o aspirador começa a deixar um rastro de pó em vez de sugá-lo, é hora de trocar aquele saco nojento.

- Quando o carro morre no cruzamento de duas grandes avenidas e leva umas quatro tentativas para pegar de novo, é hora da revisão.

- Quando até a espada-de-são-jorge já murchou... bom, aí quer dizer que a hora de regar as plantas já passou faz tempo.

3 comentários:

Nanael Soubaim disse...

Quando o carro morre e demora em atrapalhar o trânsito, é hora de lembrar de quando um grampo ou uma linha de costura resolvia um problema mecânico, porque a revisão só vai fazer prolongar o prazo até a próxima pane. Ah, aquele Opala banheirão e resistente...

mihuda disse...

Ultimamente ando tao ocupada e cansada que acho que minha tolerancia quanto a hora das coisas tem aumentado. Ta certo, que mtas vezes pareco a Monica de Friends com minhas noias...
Mas tipo ontem, cheguei cansada do trabalho e tudo o que queria era pasmar em frente a TV. Olhei bem pro meu quarto zoneado, nao tive duvidas, agarrei meu DVD da Amelie Poulain e fui assistir no quarto to meu irmao. :/

Thais disse...

HAHAHA...Paulinha...amei!"Os incomodados que se mudem...pro quarto menos zoneado"rsrs
Engraçado como hj a gente vive no limite!
Acho q é a pressão do dia a dia!O cansaço..o stress.....
Ahhh...só lendo o seu blog Flá pra rir mto!