segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Chez Nous

Nós aqui desta família temos um grande desvio de caráter: a gente é chegadíssimo em restaurantes. E nem é pela facilidade da coisa em si; é mais pela quebra de rotina de ir comer algo que não sabemos/não temos habilidade de produzir.

Daí que às vezes vamos comer fora duas vezes num mesmo fim de semana. Nos dias de semana de férias, arriscamos o mesmo desvio de conduta - e quando convencemos os amigos a participar, vira até passeio. Mas, felizmente, muitas vezes conseguimos voltar à realidade dos fatos e ver que a comida feita aqui em casa é tão deliciosa quando. Quer dizer, quando tudo sai direito e quando a companhia é boa.

Pois hoje nós duas, as meninas em férias, decidimos fazer trabalho de equipe e brincar de restaurante e trabalhar um pouco em causa própria. Fizemos arroz fresquinho com ervas e feijão fresquinho com bastante caldo. Fizemos carne no forno com molho de maracujá e fizemos também batatinhas fritas, que não somos de ferro. A salada foi servida antes, como manda o figurino, e como a Sasá não bebe vinho, optamos por um suco de laranja gelado mesmo.

Colocamos a mesa, rimos a valer, enchemos as panças, foi uma delícia. As lichias de sobremesa e o café foram servidos em louça bonita e no "living", que a gente sabe ser fresca. O melhor de tudo, porém, não foi esse cardápio safadíssimo: foi a companhia boa e o serviço de primeira (que, no caso, foram papéis encarnados por nós duas mesmo).

E assim se fez o melhor restaurante do mundo. Baratinho, criativo e glamuroso como nossa vida pode e deve ser.



Para o jantar, logo mais, decidimos por fetuccine ao molho de espinafre. A gente está ficando realmente besta, viu... Cadê nossas estrelas do Michelin, hein?

13 comentários:

Jaspião disse...

Opa... E nem me chamaram pra apreciar tal delícia? Olha só...
rs!
Bjo.

Nanael Soubaim disse...

Brincando a criança aprende o que é sério, sem se levar à tal. Fazendo aprende a mandar fazer, sorrindo ao labor descobre que ser útil é um grande prazer.

Bia disse...

Os amigos gostam de ser convidados pras frescuras na vizinhança, mas também topam esse feijão fresco com bastante caldo, viu?
bj

Gabi Petrucci disse...

Ah que delícia! *-*
A carinha de satisfação da Sabrina, que fofa!
E concordo com o Nanael.

Beijo!

A Sócia da Light disse...

Ah, quanta gente oferecida, que delícia!! Hahaha!

Tio Lelê, Tia Bia, basta escolher o cardápio, d'accord? Eu não garanto a qualidade, mas garanto a farra.

mihuda disse...

Que delícia... só coisa fina!
Conseguiu me deixar com fome às 10:25 da manhã!!!
:D

Mari Z. disse...

Yummy! Que texto mais fofo e apetitoso!

Também adoro brincar de restaurante, Flá. Nem que o prato não fique bonito como no livro de receitas e o arroz empape um pouco, cozinhar por diversão (porque por obrigação começa a virar um porre) é uma delícia. E quando a tarefa tem mãozinhas de criança no meio, aí a farra é mesmo garantida!

Beijos e não se esqueça de chamar os amigos pro banquete, viu? :-)

Mari.

Dri_ disse...

Ô lá em casa!

Eu adoooro feijão, e esse tá com uma cara boa! As batatas estão com a cor que eu gosto. Yumi!!!

E as Princesas ali? E o prato rosa? Duvido que na rua tem esse charmes rsrsrs

A Sócia da Light disse...

Não tem, Dri! :-]

A Sabrina tem todo um aparato pra comer que eu recomendo: jogo americano maneiro das Princesas, do Pooh e da Sininho, pra variar; copos decorados; prato com divisões comprado na Liberdade por 5 mangos; talheres no tamanho dela; guardanapos fofinhos.

Ela dava trabalho pra comer até eu descolar essa traquitana. Agora é toda moça, come tudo feliz e até ajuda a colocar a mesa e retirar. ;-]

Dri_ disse...

Ó que vc me deu uma boa idéia!!!

Lá em casa o Principe come bem, muito bem aliás, maaaassss, até planta bananeira com a boca cheia!

Vou equipá-lo e depois mando notícias rs

naty c.m disse...

Sinceramente?! Sair de casa, comer em restaurantes é até gostoso de vez enquando. Mas, como sou fresquíssima pra comer, prefiro a comidinha feita em casa mesmo, porque essa eu sei exatamente de onde veio e como foi feita :B

A Sócia da Light disse...

Aê, Naty! Troféu Mirtes! Hahaha!

Mas numa coisa você tem razao, honey: depois de um tempo, comer em restaurante enjoa um pouco (principalmente aquele mesmo que se vai todo dia, na hora do trabalho). Ja a comida de casa tem gosto somente dela!

Tia Dri disse...

Aff, que deliciaaaaaaaaaaaa!!! Titia quer ser convidada pro proximo! Rsrsrs