quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Passe o bebê pra cá, Anne, e ninguém se machuca!

Sei bem que vou me tornar voto vencido nessa questão. Mesmo assim, vale o post, porque já são anos de sofrimentos acumulado - pra mim, até que pouco, mas para aqueles bebês...

Anne Geddes é o nome da fotógrafa. Muitos devem conhecer o trabalho dela, mesmo sem lembrar o nome da autora. Bom, todo mundo que já passou por um consultório pediátrico ou na gôndola de volumes inúteis na livraria certamente conhece sua obra. Anne é aquela mulher de olhar muito curioso que retrata bebezinhos como integrantes de um bizarro jardim - deitados no miolão da flor, encarrapitados em troncos de árvores, saindo do meio de brócolis ou vestidos de fadas. Bonitinho? Desculpa, eu acho uma abominação.

As fotos são muito, muito bem produzidas, eu admito (mas também não temos certeza sobre a possibilidade de Anne e equipe serem chegados num Gardenal Infantil...). Mas são estranhas demais para o meu gosto. Bebês são mesmo as maiores delicinhas que o universo produz, juntamente com filhotes de qualquer ave ou mamífero e cupcakes decorados. Ainda assim, é discutível a beleza de um nenê inocente aboletado em uma abóbora vestindo roupa de joaninha. E, além disso, imagine o tempo que a pobre criatura fica ali, debaixo de luz e câmera, para sair o clic...

Dá aflição, pra começo de conversa. A maioria das criancinhas parece ter sido esquecida ali pela família. Sabe? Passeavam pelo jardim, colocaram o bebê ali no meio do mato pra uma soneca e, uf!, esqueceram dele. E daí a Mãe Natureza se encarregou de torná-los parte da paisagem. Estranho, vai?!

Bom, como eu disse, tenho certeza que sou voto vencido. Um novo livro de Anne Geddes acaba de chegar às prateleiras - e assim segue o tema, com a mulher tendo vendido mais de 18 milhões de volumes até hoje. Muita gente mesmo parece apreciar essa estética "bebê-tatu-bola".

Sendo assim, acho que ninguém irá me acompanhar numa blitz ao estúdio da fotógrafa para pedir "Sra. Geddes, saia de perto do bebê vestido de esquilo e coloque as mãos para o alto agora...". Que pena, seria um serviço social e tanto.


Dona Anne, tá dando dor nas costas da ervilhazinha...

19 comentários:

Dri_ disse...

kkkkkkkkkkkkk
hilário Wonka!

Meu Pequeno nunca serviria pra isso, a não ser com uma boa dose de Gadernal (ele nunca ficaria mais de 00:30 parado, ainda mais com essas fantasias pinicando)

Menina-que-quer-ser-escritora disse...

e olha q tem mta gente que quer este tipo de foto, viu?!

Gabi Petrucci disse...

Essas fotos sempre me deram medo! :~

:*

Nanael Soubaim disse...

Sem querer, estás dizendo Ni, Madamme Wonka. Ok, se te apraz, eu a acompanho na blitzkrieg.

A Sócia da Light disse...

Ah, "menina-que-quer-ser-escritora", adorei o codinome! :-]

Olha, eu sei que tem muita gente que adora essas fotos e quer que os profissionais da área reproduzam usando seus filhos como modelos. Bom, é a vida: tem gente que tira foto de casamento na praça, sentada na grama com vestido rodado...! :-S

Moni disse...

hahahahahahahahahahahahahaha morri de rir!

Dri, Flá, meu filho também nao conseguiria ser modelo.

Na escola, no natal, as professoras tiveram a idéia de presente de natal, um portaretrato feito pelas crianças com uma foto deles vestidos de duendes (e as maes escolhimos entre um fantoche feito por nós mesmas ou uma camiseta pintada a mao).... eu recebi o portarretratos sem foto :S...Julián fez muito barulho para as tias tirarem a fantasia, tentaram 2 dias e dessistiram, o INNFA (o ente que regula as escolinhas) ia terminar fechando a escola por maltrato infantil, hahaha

mihuda disse...

Flá, to aqui pra você não se sentir só.
Tipo, uma foto destas até que vai, por ser uma coisa curiosa, diferente. Mas livros e mais livros?
Não gosto pois:
- não é natural (todo mundo sabe que criança não precisa ser mal-educada para não parar quieta, é da natureza!)
- serve como propaganda enganosa
- provavelmente deve envolver em abuso infantil (ninguém merece ser vestido de bicho e ficar em poses esdruxulas!)
- já deu o que tinha que dar

hahaha, sendo assim to o seu grupo! beijinhos!

Mari Z. disse...

Ai, Flá, eu tô com vc. Acho essas fotos uma coisa medonha! E sem contar a judiação com os bebês, coitadinhos... E quanto ao lance da aflição, concordo 100%. Digo o mesmo de fotos que abusam dos bichinhos: cachorro vestido de palhaço, gato vestido de lagosta... e o bicho com aquela cara de bored... ai, é sadismo, né?

Isso me fez lembrar um episódio do The Office em que a Angela pede de Natal um pôster de bebezinhos vestidos como uma banda de jazz. E cola a foto horrenda na parede do escritório! Hehehhe.

Beijocas, e durma com essa: http://fanlisting.atsparkys.com/annegeddes/img/AnneGeddes.gif

Mari.

Beolina disse...

Eu também me lembrei desse episódio do The Office!

E esses posters são bem toscos mesmo. Na cidade onde eu morava, no fiim do ano as lojas adoravam distribuir folhinhas com essas imagens, como brinde.

A J&J criou todo um padrão de beleza de bebês que não corresponde à metade da população bebezística do país, mas pelo menos nas campanhas da marca os bebês apareciam em poses de, bem, bebês.

Mônica Vidal disse...

OBA!!! Achei vc Flávia...agora não te deixo nunca mais!!!! Saudades dos seus textos.

Bjs

Laura Jane disse...

Nooossssaaa...Até que enfim, alguém com o mesmo pensamento do que eu....Muito bom...Gostei do seu blog...

Paula Baltazar disse...

Nem preciso falar que também lembrei do medonho poster da Angela do The Office!

Tô contigo, Flá! Quando for invadir o estúdio da Dona Anne, pode me chamar.

Fabiana disse...

Vamos criar uma força tarefa, então.

Eu sempre odiei essas fotos, mesmo antes de ser mãe.

A Sócia da Light disse...

Boa, gente! A brigada já pode ser criada, vamos sincronizar os relógios e dar um basta nessa barbárie!

:-D

PS.: Mônica V., que bom que "me achou"! Senta e fica à vontade! ;-]

anna carolina disse...

nunca tinha parado pra pensar nessa atrocidade que dona anne faz com seus pequenos modelos. mas agora que vc falou... medo dela. e das mães que deixam (e ainda devem ficar orgulhosas). tá me lembrando muito uma cena de "brüno", a que as mães aceitam todo tipo de coisa pra ver os filhos em comerciais de tv.

Monique disse...

http://www.bbc.co.uk/portuguese/cultura/2010/02/100219_galeria_bebes_vdmv.shtml

Lembrei logo desse texto, embora não seja exatamente a mesma coisa.

A Sócia da Light disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A Sócia da Light disse...

Ai, deus, a moda pegou:

http://g1.globo.com/Noticias/PopArte/0,,MUL1499663-7084,00-RECEMNASCIDOS+POSAM+EM+NOVO+LIVRO+DE+IRMAS+FOTOGRAFAS.html

mihuda disse...

Vi ontem um episódio de Friends no qual a Janine vai morar com o Joey e ele, influenciado pelo Chandler, fica perguntando pra ela o que diabos é o quadro de um bebe vestido de flor está fazendo na sala dele. Lembrei deste post... que medo desses links! :/